">
contato@cienciascontabeis.com.br
contabilidade

Sem Contador o Brasil Para!

Publicado em 21/11/2016

O Contador e sua importância para a sociedade

 

O Contador é um especialista sem igual, completo e imprescindível a quaisquer empresas, tão logo importante para a sociedade como um todo, mas, infelizmente, esse profissional não é valorizado à altura, tampouco é reconhecido. Sua imagem é vista como um mero calculador de impostos. Sim, uma pena!

Essa visão nos impossibilita de exercemos uma de nossas melhores funções, que é o fornecimento de informações uteis (formação de opiniões/estratégias) às empresas para auxiliar nas suas tomadas de decisões.

Sim, “trabalhamos também para o Fisco intermediando a relação fiscal e empresarial”, calculando e emitindo impostos a serem recolhidos pelas empresas bem como entregando as obrigações acessórias, uma infinidade de obrigações por sinal. Diz-se que o Contador é o único canal de comunicação entre o Fisco e a Sociedade. O Fisco é o agente arrecadador de impostos enquanto o Contador é o responsável pela emissão e validação destes. Contudo, observamos na citação acima, a “importância do Contador para a nossa economia”.

 

A flexibilidade do Contador

 

Além de sermos excepcionais às empresas como importantes formadores de opiniões e, intermediadores do Fisco, responsáveis diretos para com a máquina econômica de nosso país, somos ainda, incríveis administradores, mesmo sem formação específica em Administração, apenas Contábil. Todavia, “um Administrador não pode ser um Contador, mas um Contador pode ser um Administrador tão bom quanto um formado”. Essa afirmativa se deve a grade curricular contábil que, nos primeiros dois anos, coincidem com a grade administrativa.

Saiba um pouco mais da profissão contábil e o porquê de ser Contador acessando o link abaixo:

http://www.cienciascontabeis.com.br/por-que-ser-contador/

 

imagem artigo - Sem Contador o Brasil Para

 

Somos responsáveis diretos para com a máquina econômica de nosso país? Como assim?

 

Sim, somos. Se nós Contadores somos os emissores dos impostos, tão logo, somos os responsáveis pelas arrecadações destes, pois, se não emitirmos os tais, estes, por sua vez, não serão recolhidos aos cofres públicos.

Sabemos ainda que, o pagamento de impostos visa o retorno de utilidades públicas à sociedade, tais como iluminação pública, água e esgoto, serviços prestados na área de saúde dentre tantos outros. Agora, imaginemos se os impostos não forem devidamente recolhidos? Melhor não imaginarmos, não mesmo!

 

Sem Contador o Brasil para!

 

Enquanto responsáveis diretos para com a movimentação da máquina econômica que nos cerca, o Brasil está, por consequência, em nossas mãos. Se pararmos, o Brasil para também, pois, sem a arrecadação de impostos, não desfrutaremos das necessidades publicas, necessidades estas básicas, mas de estima importância e imprescindibilidade.

O Brasil ainda para, se não atendermos às empresas quanto ao cumprimento de suas obrigações, pois, o não cumprimento fiscal implica em sanções fiscais, penais e/ou até mesmo o fechamento das empresas. A “legalidade de uma empresa está sob a responsabilidade de seu Contador desde sua constituição (abertura), desenvolvimento e até mesmo distrato social e/ou baixa”.

Entendemos ao longo deste, de forma resumida, a importância do Contador à sociedade e, deixamos um questionamento em aberto para reflexão, dúvida esta também a nossa:

Quais seriam as consequências de uma greve geral de Contadores em nosso país?

 

 

 

 

 

 

É... foi um bom artigo, não? ;)
Assine e receba GRATUITAMENTE as melhores dicas relacionadas à contabilidade!
Sobre o Autor
• Juliano Lucio Santos da Silva • Contador • CRC n° SP-295043/O-2

Publicações Relacionadas