">
contato@cienciascontabeis.com.br
contabilidade

Carreira Contábil em Escritório de Contabilidade

Publicado em 01/10/2016

Entenda um pouco mais sobre a carreira contábil!

 

Para exercer a profissão contábil é necessário possuir formação na área ou que o profissional ao menos esteja cursando Ciências Contábeis.

O foco de quaisquer estudantes de Contábeis é iniciar sua carreira em algum “escritório contábil”, pois não há lugar melhor que este para colocar em prática os conhecimentos adquiridos na faculdade.

 

O início

 

A carreira contábil se inicia através de um ESTÁGIO (recomendável) remunerado ou não, que servirá para o profissional ora iniciante “entender” a área bem como assessorar, sempre que possível, os departamentos do escritório ou um único departamento. O estagiário normalmente auxilia na separação e/ou organização de documentos, preenchimentos de relatórios diversos ou até mesmo na inserção de dados, lançamentos contábeis e fiscais (escriturações). Digamos que o estágio é um “período de treinamento profissional para o mercado”!

 

A carreira contábil

 

O auxiliar contábil

 

Após a concretização do estágio, o primeiro cargo que o profissional ocupará dentro do escritório será o de AUXILIAR CONTÁBIL. O auxiliar como o próprio nome já diz, auxiliará os demais companheiros quanto aos serviços pertinentes à área. Dentre as suas funções, podemos citar: lançamentos contábeis, organização de documentos, confecção de demonstrativos contábeis dentre outras. Suas funções são muito parecidas com as do estagiário. O que difere é sua maior acessibilidade para com as atividades contábeis e, seu registro em carteira (CLT).

 

O assistente contábil

 

A promoção de auxiliar contábil é para ASSISTENTE CONTÁBIL. Esse cargo já exige do profissional maiores obrigações e responsabilidades quanto à área. Além de esse profissional fazer todas as atividades do auxiliar, terá como responsabilidade outras funções, sendo elas: realizar cadastros gerais, configuração do plano de contas das empresas, parametrizações, entrega de obrigações acessórias e outras particularidades. Sua remuneração é consideravelmente maior comparado ao auxiliar.

 

O analista contábil

 

O ANALISTA CONTÁBIL está um passo a frente do assistente contábil, um considerável passo. Este profissional, já conceituado no mercado e reconhecido no escritório pela sua experiência, é responsável por ANALISAR todo o trabalho realizado pelos estagiários, auxiliares e assistentes contábeis. Também é responsável por corrigir, excluir e/ou acrescentar algo sempre que necessário. Têm como dever, além de revisar, orientar seus demais companheiros quanto aos erros visando a excelência do trabalho de toda a equipe. O analista não é considerado um cargo de chefia, mas têm certo respeito e admiração pelos demais companheiros.

Dentre suas atribuições destacamos seu “preciso relacionamento para com a gerência” (Contador e/ou Administradores) do escritório haja vista que, é ele quem deve “reportar as particularidades contábeis e/ou financeiras” através de seus “relatórios gerenciais”, elaborados a partir de suas análises contábeis.

Exemplificando, podemos dizer que, o analista contábil é o FORMADOR DE OPINIÕES!

Mediante sua experiência, seus conhecimentos e responsabilidades, seu salário, por justo, é maior ao de um assistente.

 

IMAGEM ARTIGO CARREIRAS

 

E a carreira contábil não termina por aí!

 

Dos cargos de liderança

 

Você sabia que o Contador, mesmo não ocupando cargo de chefia, não deixa de ser um líder?

_ Sim, ele é um líder!

 

O Contador

 

O CONTADOR (profissional graduado em Ciências Contábeis) exerce suas atividades com certa autonomia para com os demais companheiros considerados posicionalmente abaixo dele e, por isso é considerado um líder. Sua decisão quanto aos demonstrativos contábeis dentre outros, predomina sob o trabalho do analista contábil. É ele quem se responsabiliza por todas as informações das empresas, assinando por si só os demonstrativos se sujeitando a eventuais fiscalizações.

Seja o contador funcionário ou não, este por sua vez há de ser respeitado por todos!

O cargo de contador compreende-se ao cargo de analista, mas o que difere, é “sua graduação, seu precioso registro”.

O contador pode ainda assumir cargos de chefia, tais como: encarregado, gerente, coordenador ou supervisor contábil ou até mesmo diretor contábil. Também pode ser proprietário ou sócio de escritórios contábeis e afins.

Sua remuneração varia de acordo com suas atribuições. Entretanto, é de se imaginar um bom salário, bem acima de uma analista contábil.

 

Tomamos como base nessa matéria, o trabalho exercido em escritório contábil. Entenda um pouco mais da “rotina de um escritório contábil” acessando o link abaixo:

http://www.cienciascontabeis.com.br/a-rotina-em-um-escritorio-contabil/

 

Quem sabe, lendo o artigo supra (link) você não se identifique com essa área, não é?

 

Ressaltamos aqui que, escritórios de contabilidade são essenciais para uma “carreira contábil de sucesso” e “crescimento profissional”. Contudo, infelizmente, os escritórios contábeis NÂO conseguem equiparar os salários de seus colaboradores para com os salários pagos pelas empresas que dispõe de contabilidade própria.

Sobre o Autor
• Juliano Lucio Santos da Silva • Contador • CRC n° SP-295043/O-2

Publicações Relacionadas