">
contato@cienciascontabeis.com.br
contabilidade

Contabilidade Pessoal: Ferramenta básica para um planejamento financeiro eficiente

Publicado em 14/03/2014
planejamento financeiro eficiente

planejamento financeiro eficiente

A vida financeira tem várias fases, cada uma com seus desafios. Por meio do orçamento financeiro escrito e organizado pode-se obter um planejamento financeiro satisfatório, onde é possível identificar oportunidades e dificuldades e definir estratégias para enfrentar cada situação. Para que as pessoas não sejam obrigadas a desistir dos bens e serviços disponíveis e de uma vida mais confortável, faz-se necessário o conhecimento de como equilibrar receitas e despesas.

Para Frankenberg (1999, pág. 31), “[…] planejamento financeiro pessoal significa estabelecer e seguir uma estratégia precisa, deliberada e dirigida para a acumulação de bens e valores que irão formar o patrimônio de uma pessoa e de sua família.”

Segundo o Instituto de Estudos Financeiros – IEF (2011), o orçamento financeiro pessoal é uma previsão de receitas (renda, juros, aluguéis, etc.) e despesas num determinado período de tempo (mês, trimestre, ano, etc.). Essa previsão permite uma visualização das contas no presente e como elas ficarão no futuro, como também a possibilidade de eliminar despesas desnecessárias.

O orçamento pode ser escrito ou não, o orçamento escrito traz uma melhor precisão das informações, se o orçamento não esta escrito, as informações não serão tão confiáveis e sua efetiva utilidade será menor.  Por meio da criação de um bom orçamento o planejamento financeiro pessoal poderá fazer previsões com um maior grau de precisão.

Seguindo essa mesma linha de raciocínio, Günther (2008, pág. 35) afirma que “O ponto primordial para desenvolver um plano financeiro adequado é o conhecimento dos valores, objetivos e prioridades, os objetivos devem refletir honestamente os desejos e necessidades ao longo da vida, associando-se com as reais possibilidades de atingi-los.”

O orçamento financeiro pessoal é uma previsão de receitas (renda, juros, aluguéis, etc.) e despesas num determinado período de tempo (mês, trimestre, ano, etc.). Essa previsão permite uma visualização das contas no presente e como elas ficarão no futuro, como também a possibilidade de eliminar despesas desnecessárias.

O primeiro passo rumo a um planejamento financeiro eficiente:

Montar uma planilha de orçamento pode ser o primeiro passo no rumo de um planejamento financeiro eficiente. E, nessa hora, vale a pena preparar uma ferramenta que reflita os padrões de renda e consumo. Afinal de contas, a planilha tem que refletir o orçamento de cada pessoa, e não um modelo padrão que não atenda às suas necessidades.

A elaboração de uma planilha de controle de gastos é simples, bastando criar duas colunas, uma destinada às receitas e outra às despesas, de forma a calcular o saldo líquido e quanto falta ou sobra no final do mês. Sendo que ao dividir por categorias, como alimentação, vestuário, lazer, o indivíduo saberá quanto está gastando em cada categoria e poderá identificar qual item a ser cortado das suas despesas.

A partir de um orçamento organizado, as pessoas terão o auxilio necessário para o correto planejamento financeiro, onde poderão registrar gastos e projetar necessidades futuras e, consequentemente, avaliar alternativas de investimentos.

Quando há determinação, consciência e dedicação fica mais fácil para as pessoas planejarem e seguirem uma certa conduta, o que possibilita um planejamento financeiro eficiente e onde as metas possam ser alcançadas.

 

Referência

GÜNTHER, Mariléia. Planejamento das finanças pessoais: benefícios e influências na qualidade de vida. 53f. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí, UNIDAVI, Rio do Sul/SC, 2008.

FRANKENBERG, Louis. Seu futuro financeiro: você é o maior responsável. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

 

É... foi um bom artigo, não? ;)
Assine e receba GRATUITAMENTE as melhores dicas relacionadas à contabilidade!
Sobre o Autor
Contadora formada pela UNIMONTES - Universidade Estadual de Montes Claros, Pós-Graduada em Gestão Empresarial e Gestão de Pessoas. Atualmente trabalha na Coordenadoria de Execução Orçamentária e Financeira do IFNMG e Professora de Contabilidade, Administração e Escrita Fiscal na Microlins