">
contato@cienciascontabeis.com.br
contabilidade

Contabilidade e a Nova Gestão Empresarial

Estimular a prática do empreendedorismo em um Pais é fator predominante para sua economia. O Brasil, como País em desenvolvimento, vê essa valoração de forma crescente, mas ainda com olhar pequeno em comparação à relevância proporcionada pelos projetos empreendedores.

Empreendedorismo deve ser praticado como matéria escolar, adotado desde as primeiras séries,  como forma de debate nos vários segmentos sociais, assim como  nas políticas públicas. Porém, diferentemente, o brasileiro não tem muito contato com o ensino desse assunto,  pelo contrário, é apenas educado para ser funcionário. Em todos os níveis, o ensino é culturalmente voltado para o aluno empregado.

Uma das graves consequências de um País não fomentar, de forma educativa, o empreendedorismo, é a constante mortalidade das empresas, principalmente aquelas de portes micros, pequenas e médias. Isso se dá devido às aberturas de empresas de forma mal planejada. Muitos costumam abrir empresas por incentivos familiares ou pela necessidade criada pela sua situação social. Também, boa  parte dos brasileiros abre seu negócio em vista da oportunidade criada.

Dados do instituto Brasileiro de Planejamento Tributário revelam as consequências de uma inadequada gestão nas empresas, segundo as quais 15,41% dos empreendimentos morrem no primeiro ano de vida. Já as empresas entre um e cinco anos de vida, esse percentual chega a 41,86% e, com até 14 anos de vida, 75% das empresas desaparecem. Esses dados vêm caindo desde a década de 70.

 

Ok, as empresas desaparecem. Mas por que?

Como mencionado acima, a falta de planejamento é uma das grandes razões do desaparecimento das empresas. O planejamento deve surgir antes mesmo da criação da mesma. É uma forma de estar precavido e estruturado para a  difícil caminhada, principalmente no início, que a empresa tem a seguir.

Além disso,  tem a competitividade que está intensificada pela a evolução das atividades econômicas. Na atualidade, as empresas tentam diminuir, ao máximo, seus custos.  O ciclo decisório da gestão de uma empresa deve ser toda embasada em informações fidedignas, onde as informações recebidas devem estar direcionadas sempre para uma melhor utilização de seus recursos disponíveis.

 

Dicas para a sobrevivência do negócio

Os empreendedores devem procurar parceiros que possam somar ao seu projeto. Parceiros que tragam, para os mesmos, uma visão ampliada do negócio. Essa amplitude pode ser fator fundamental para o sucesso.

Um dos grandes parceiros que as empresas podem trazer para perto é o contabilista. O contabilista, hoje em dia, está voltado para o novo mercado que emerge. Esse mercado não está relacionado apenas aos novos tipos de empreendimentos que surgem, mas também à nova busca de serviços da sua própria clientela, voltada para as novas necessidades (como o controle gerencial), isso impulsionado pelo novo mercado, devido à grande concorrência e aos novos anseios de seu público alvo.

A contabilidade vai além de uma ferramenta voltada para o atendimento das exigências legais. Possui as informações necessárias para o atendimento da gestão das empresas. Por que não, dizer que a contabilidade é uma grande ferramenta no planejamento de uma organização? Pois bem, essa é a nova perspectiva de um vasto campo de atuação da contabilidade. Aliás, já é uma realidade.

Os contabilistas são peças fundamentais para uma adequada orientação de planejamento. Os conhecimentos estudados fazem do mesmo um grande parceiro na gestão da empresa, isso antes da abertura, com a elaboração do Plano de negócios, e, no decorrer da vida da empresa, com emissões de relatórios financeiros, análises de investimentos, dentre outros de grande importância para a gestão empresarial.

 

O novo contexto da contabilidade

É importante salientar que esse vasto campo de atuação não constitui um tipo de modismo. Esse é um processo que tende a se tornar mais forte conforme o passar do tempo. A inserção de um especialista no gerenciamento de uma empresa será ponto decisivo no sucesso de qualquer negócio, seja entidades públicas ou privadas, com fins lucrativos, ou não.

Esse é o novo contexto da contabilidade, atuar de forma mais próxima do cliente, sendo o grande parceiro na gestão do empreendimento. E esse é o novo contexto do mercado, explorar, cada vez mais, os serviços do contador gestor.

É... foi um bom artigo, não? ;)
Assine e receba GRATUITAMENTE as melhores dicas relacionadas à contabilidade!
Sobre o Autor
Emerson Nunes é bacharel em Ciências Contábeis, especialista em controladoria,perícia e auditoria contábil, atua como contador e consultor empresarial. Sócio gerente na Sn Contabilidade.