">
contato@cienciascontabeis.com.br
contabilidade

A importância da Auditoria Interna Nas Organizações

Toda Organização têm um conjunto de fatores que contribuem para o seu desenvolvimento e aceitação no mercado. Esses fatores, utilizados de forma adequada, se tornam ferramentas que dão suporte à gestão e, por consequência, tornam mais fáceis à tomada de decisão por seus gestores.

Uma dessas ferramentas é a Auditoria Interna.

 

Auditoria Interna, o quê é?

Considerada um elemento de controle, tem como um de seus objetivos, a avaliação dos controles internos da empresa. Pode ser denominado também como  um controle gerencial que funciona por meio da análise e avaliação da eficiência de outros controles. É executada por um profissional ligado à empresa, ou por uma setor próprio para tal finalidade, sempre em linha de dependência da direção empresarial.

Em virtude das  crescentes e constantes mudanças  ocorridas no ambiente externo às Organizações, pelo aumento da concorrência  e, principalmente, pela fortificação da estrutura contábil e da auditoria, as empresas se organizaram por meio de planejamentos estratégicos para criar as condições mais favoráveis  para aplicação de seus recursos.

Diante deste cenário, se tornou de extrema importância a adoção desta ferramenta de controle de tão grande importância, pois, segundo Attie (1992, p. 26):

[…] a administração passa a necessitar de alguém que lhes afirme que os controles e as rotinas de trabalho estão sendo habilmente executados e que os dados contábeis, com efetividade, merecem confiança, pois espelham a realidade econômica e financeira da empresa.

De acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade da Auditoria Interna (NBC T 12), item 12.1.1.1 “a auditoria interna constitui o conjunto de procedimentos técnicos que tem por objetivo examinar a integridade, adequação e eficácia dos controles internos e das informações físicas, contábeis, financeiras e operacionais da Entidade” (Conselho Federal de Contabilidade, 2003).

 

O Objetivo da Auditoria Interna

A auditoria interna é determinada como um serviço de apoio  na avaliação do cumprimento dos objetivos, políticas e normas estabelecidas pela alta administração da empresa. Assim como é responsável pela avaliação do funcionamento de todos os controles normais de operação e pela adequação da informação que se oferecem aos gestores, sobre as dificuldades detectadas em suas observações, com o objetivo  de otimizar os resultados e aumento da probabilidade de atingir os objetivos da organização.

Ainda segundo Attie (1992, p. 29):

[…] a Auditoria Interna, através de suas atividades de trabalho, serve à administração como meio de identificação de que todos os procedimentos internos e políticas definidas pela companhia, assim como os sistemas contábeis e de controle interno, estão sendo efetivamente seguidos e que as transações realizadas estão refletidas contabilmente em concordância com os critérios previamente definidos.

Contar com um setor ou um departamento de Auditoria Interna em uma Organização é se certificar de que os rumos definidos para a Organização estão sendo seguidos, que os procedimentos estão sendo adotados.

As Organizações encontram-se em constante transformações e esta tendência moderna representa uma evolução que também se relaciona com a Auditoria que, primitivamente,  era limitada apenas ao campo de verificação e,  hoje, sabe-se que o seu campo de atuação é dinâmico e observa-se a vastidão das suas funções, abrangendo  atualmente todo o organismo da empresa.

É... foi um bom artigo, não? ;)
Assine e receba GRATUITAMENTE as melhores dicas relacionadas à contabilidade!
Sobre o Autor
Bacharel em Ciências Contábeis, Especialização em Psicologia Organizacional.