">
contato@cienciascontabeis.com.br
contabilidade

Lançamentos Múltiplos Contábeis

Publicado em 18/10/2016

O que são? Quando usá-los? Como fazê-los?

 

Entende-se por lançamentos múltiplos contábeis os lançamentos dos quais dispõem de mais de uma partida e/ou mais de uma contra partida.

Um lançamento contábil não múltiplo (comum) possui um débito e um crédito apenas.

 

Exemplo de lançamento contábil comum:

Pagamento a Fornecedores na importância de R$ 100,00

 

D- Fornecedores – R$ 100,00

C- Caixa – R$ 100,00

 

Lançamentos múltiplos podem conter dois ou mais débitos para um único crédito ou vice versa, desde que os valores a débito coincidam para com os valores a crédito em seus totais.

Podem ainda ser representados por vários débitos e vários créditos. Os lançamentos múltiplos, mesmo contendo lançamentos além do comum (acima de um débito/crédito) são escriturados num único lançamento, mas de forma segregada.

Atualmente os softwares contábeis estão aptos a recepcionar lançamentos múltiplos. Tais lançamentos aparecem no Livro Diário com a mesma sequência (número).

 

Quando usá-los?

 

Sempre que identificar uma transação, financeira ou não, da qual a origem ou destinação desta se desdobre contabilmente falando, poderá ser utilizado a prática dos lançamentos múltiplos.

 

 

imagem artigo lançamentos multiplos

 

 

Como fazê-los?

 

Exemplo de lançamento múltiplo:

Pagamento a Fornecedores na importância de R$ 100,00 acrescidos de juros correspondentes a R$ 20,00

 

D– Fornecedores – R$ 100,00

D- Despesa com Juros – R$ 20,00

C- Caixa – R$ 120,00

 

Observem no exemplo acima que há dois débitos para um único crédito e, este se trata de um único lançamento, lançamento este de caráter múltiplo.

 

Vejamos abaixo como ficaria esse mesmo exemplo, mas contabilizado de forma comum:

 

D- Fornecedores – R$ 100,00

C- Caixa – R$ 100,00

 

D- Despesa com Juros – R$ 20,00,

C- Caixa – R$ 20,00

 

Com base no exemplo acima, percebemos que foram escriturados 02 (dois) lançamentos contábeis considerados comuns, ou seja, “além de acrescer o trabalho, faz com que o Livro Diário fique mais extenso”.

Vejamos ainda que, ambos os exemplos não alteram o resultado da operação, mas são escriturados de forma diferente.

 

A praticidade dos lançamentos múltiplos

 

Na prática os lançamentos múltiplos facilita consideravelmente o trabalho dos contabilistas, “minimizando esforços, reduzindo tempo e enxugando a contabilidade”.

Facilita ainda a conciliação das contas contábeis, pois quando filtramos qualquer lançamento do gênero, ele trará todos os lançamentos atrelados, dados como múltiplos.

 

Abaixo destacamos mais um exemplo da praticidade dessa prática:

Compra de mercadorias na importância de R$ 100,00 sendo 50% à vista e o restante para 30 dias

 

D- Estoque – R$ 100,00

C- Caixa – R$ 50,00

C- Fornecedores – R$ 50,00

 

Vale ressaltar que, para todos os efeitos, “sejam lançamentos comuns ou múltiplos, os débitos e créditos devem coincidir em seus totais”.

 

Esperamos que você tenha compreendido a ideia desse artigo do qual visa orientar os contabilistas quanto à praticidade dos lançamentos múltiplos contábeis.

A fim de reforçar a ideia deste, iremos unir o útil ao agradável e, por isso, no próximo conteúdo, “aprendam a contabilizar uma folha de pagamento rapidamente” utilizando-se da conceituada prática contábil, os lançamentos múltiplos. Fiquem atentos!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É... foi um bom artigo, não? ;)
Assine e receba GRATUITAMENTE as melhores dicas relacionadas à contabilidade!
Sobre o Autor
• Juliano Lucio Santos da Silva • Contador • CRC n° SP-295043/O-2

Publicações Relacionadas