">
contato@cienciascontabeis.com.br
contabilidade

Diferenças entre Contabilidade Gerencial e Contabilidade Financeira

Publicado em 28/06/2014

De uma forma geral, costuma-se entender a contabilidade como externa e interna. A contabilidade externa é aquela que apresenta informações para os agentes que estão fora da entidade, ou seja, fornecedores, governo, bancos e etc. Portanto, Contabilidade interna é aquela que apresenta informações e proporciona apoio ao processo decisório interno da empresa, como os sócios, empregados e etc.

No entanto, o critério de Contabilidade Gerencial e Financeira sofre de algumas divergências quanto as suas posições. Para alguns especialistas, a Contabilidade Gerencial é uma extensão da Contabilidade Financeira. Para outros, no entanto, a Contabilidade Financeira e a Contabilidade Gerencial necessitam tomar rumos diferentes.

Existem argumentos para se aceitar ou não uma e outra forma de perceber o tema, sendo possível encontrar aqueles que pensam que a Contabilidade ainda possa ser única.

Podemos afirmar, contudo, que a Contabilidade Gerencial não é um ramo separado da Ciência Contábil, mas é a integração dos conhecimentos de gestão para a tomada de decisões na administração da entidade. Portanto, é o gerenciamento da informação contábil em favor da administração da entidade.

A Contabilidade Gerencial preocupa-se com a informação contábil útil à administração. Os administradores utilizam-se dos dados gerenciais para planejamento, avaliação e controle adequados da organização, por meio de um Sistema de Informação Contábil.

Tanto os usuários internos, como sócios e gestores, quanto os externos, como auditoria, utilizam a informação contábil. A diferença está no tipo da informação e na maneira como atuam

A Contabilidade Gerencial é um tipo de informação contábil desenvolvida para gestores dentro de uma organização. É o processo de identificar, mensurar, acumular, analisar, preparar, interpretar e comunicar informações que auxiliem os gestores a atingir objetivos organizacionais.

contabilidade gerencial e contabilidade financeira

contabilidade gerencial e contabilidade financeira

Esse tipo de Contabilidade Gerencial tenta ser abrangente e breve, e ao mesmo tempo, capaz de se adaptar às mudanças tecnológicas e às novas necessidades dos gestores e das outras áreas funcionais dos negócios.

Esse conceito também pode ser aplicável às organizações que não têm o lucro como objetivo. Independente do objetivo da empresa, todas precisam gerenciar o uso dos seus recursos.

A Contabilidade Financeira refere-se à informação contábil desenvolvida para os usuários externos como acionistas, fornecedores, bancos e agências reguladoras governamentais.

Como a Contabilidade gerencial não se prende a nenhuma obrigação legal, é o administrador que determina quais os procedimentos que mais necessita para a tomada de decisões. Sob esse aspecto, a informação deve ser clara, precisa, rápida e dirigida. São características da informação gerencial: comparabilidade, confiança, tempestividade, detalhamento adequado e relevância.

Diferente do que muita gente pensa, o mais importante para o contador ou administrador gerencial da empresa, o controller, não é saber calcular, mas interpretar indicadores e elaborar relatórios, apresentando os pontos fortes e fracos do processo operacional e financeiro da empresa. Além disso, o controller deve saber propor alternativas que direcione o futuro da entidade.

O limite entre a Contabilidade Financeira e a Contabilidade Gerencial é dividido por uma linha tênue, pois em diversos momentos há um entrelaçamento entre as duas técnicas.

De modo geral, as demonstrações contábeis representam a fronteira entre a Contabilidade Financeira e a Contabilidade Gerencial. Elas podem servir como indicadores válidos de desempenho, mesmo que em largos traços, e serem utilizadas no modelo previsional da gerência.

A Análise de Balanços, por exemplo, serve tanto para o emprestador de recursos na avaliação da segurança do retorno do empréstimo ou financiamento como para a administração na avaliação Contabilidade Financeira e Gerencial

Portanto, de forma resumida, podemos afirmar dois conceitos:

Contabilidade financeira:

É o processo de elaboração de demonstrativos financeiros para propósitos externos, como acionistas, credores e autoridades governamentais. Ela é condicionada a imposições legais e requisitos fiscais e voltada para o passado.

Contabilidade gerencial: (clique no link para saber mais)

É o processo de identificação, mensuração, acumulação, análise, preparação, interpretação e comunicação de informações financeiras usadas pela administração para planejar, avaliar e controlar dentro de uma empresa e assegurar uso apropriado e responsável de seus recursos.

Ficaram mais claras as diferenças entre contabilidade gerencial e contabilidade financeira? Estamos abertos a perguntas, interaja conosco! 

É... foi um bom artigo, não? ;)
Assine e receba GRATUITAMENTE as melhores dicas relacionadas à contabilidade!
Sobre o Autor
Contadora formada pela UNIMONTES - Universidade Estadual de Montes Claros, Pós-Graduada em Gestão Empresarial e Gestão de Pessoas. Atualmente trabalha na Coordenadoria de Execução Orçamentária e Financeira do IFNMG e Professora de Contabilidade, Administração e Escrita Fiscal na Microlins
  • rodrigo

    Essa contabilidade financeira que se refere o texto tem as mesmas funções que a contabilidade societária?